11 maio, 2017

Campanha de hanseníase e verminose foi um sucesso em santo Antônio dos Lopes.

11 maio, 2017
palestra com alunos
A III Campanha Nacional de Hanseníase, Verminoses e Tracoma, que ocorre nas escolas públicas de todo o país, teve adesão da prefeitura de santo Antônio dos Lopes por meio das secretarias, de saúde e educação do município. O público-alvo foram estudantes de 5 a 14 anos de idade de todas as escolas da rede municipal de ensino. A primeira dama Gislene de Oliveira acompanhou de perto a realização da campanha e deu apoio total aos profissionais. “A gente sabe do valor de uma campanha como essa, pois sabemos que a prevenção é muito importante, por isso a prefeitura deu todo o suporte necessário as equipes de profissionais para imunizar o maior número de pessoas possível.” Ressaltou a primeira dama 
crianças recebendo remédio para verminose
Um dos objetivos da campanha segundo a enfermeira Suze Araújo de Oliveira, foi esclarecer sobre a cura, ensinar a se proteger dessas doenças e auxiliar na identificação de sinais e sintomas, favorecendo o diagnóstico precoce e o tratamento imediato das doenças. “Nós começamos essa ação numa reunião com os pais, onde explicamos como seria o trabalhado sobre a hanseníase e as verminoses. Para os alunos, usamos palestras com uma linguagem bem simples para que eles pudessem entender o que são as verminoses, quais os sintomas, e qual o melhor método para a prevenção. Assim também foi com a hanseníase.” Explicou a enfermeira e palestrante 
crianças assistindo palestra sobre hanseníase e verminose 
A coordenadora municipal da atenção básica, Sidileila Carvalho, falou que durante toda a realização da Campanha, houve busca ativa de casos novos de hanseníase, tratamento coletivo para as geo -helmintíases e exames para detecção e tratamento do tracoma na população alvo. ” Além das palestras com as crianças e os pais dos alunos, também realizamos a distribuição de remédios de verminoses. E como a gestão anterior não fez a campanha no ano passado, buscamos atender o maior número possível de alunos, e graças a Deus conseguimos atingir a nossa meta. Afirmou a coordenadora

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário