14 fevereiro, 2017

MP apura existência de funcionários fantasmas na Câmara de Codó

14 fevereiro, 2017
Um inquérito civil público, aberto pela Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa da comarca de Codó apura denúncia a respeito da contratação de funcionários fantasmas pela Câmara Municipal da cidade.
A apuração sobre a existência de servidores que estão com o nome na folha de pagamento, mas não aparecem na Câmara, ou seja, recebem sem trabalhar, está sendo conduzida pela promotora Linda Luz Matos Carvalho.
Entre as iniciativas tomadas pela promotora para apurar detalhadamente a denúncia, está a comunicação aos servidores investigados a respeito do procedimento feito pelo MP e o envio de ofício para Câmara Municipal de Codó solicitando a relação de todos os cargos em comissão e dos servidores nomeados nestes cargos, a relação de funções gratificadas e dos servidores que exercem estas funções, além da relação de todos os servidores contratados temporariamente.
A Câmara Municipal de Codó tem um prazo de 30 dias para encaminhar ao Ministério Público todas estas informações.
Coroatá online
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário