25 janeiro, 2017

Timbiras: golpe do falso sobrinho faz vítimas através de ligação telefônica

25 janeiro, 2017

O site de jornalismo noticiasdahora.net.br informa aos leitores e aos internautas em geral uma recente modalidade de golpe aplicado por bandidos via aparelhos telefones fixos e celulares. Na nova estratégia, os golpistas se passam por parente, geralmente um “sobrinho”, da pessoa à qual ligaram, e tentam sorrateiramente persuadi-la a depositar quantias em dinheiro na conta bancária transmitida à vítima.

Uma dessas pessoas que por pouco não caiu no golpe dos vigaristas fez contato com a redação do nosso portal de notícias, e informou que por volta das 11h30min desta última terça-feira (24.01), recebeu uma ligação telefônica para o seu aparelho, e que ao atender recebeu a notícia de que um sobrinho seu estava a aproximadamente 35 quilômetros da cidade de Codó, em um lugar deserto sem ninguém que pudesse lhe prestar ajuda, necessitando de socorro urgente para si próprio e para o seu veículo, que segundo o trapaceiro, havia danificado uma peça, o que impossibilitava a chegada até a cidade de Timbiras.

A vítima do golpe, que preferiu não se identificar, mas que nos informou ser habitante de Timbiras há muitos anos, relatou que ficou em estado de choque e preocupado com a situação de risco do suposto “sobrinho”, e que se prontificou a imediatamente atendê-lo no que fosse necessário.De acordo com a vítima, o homem tentou convencê-lo de que já havia recebido auxílio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), e que os patrulheiros federais repassaram a ele o número de telefone de um mecânico codoense por nome “Antônio”, e que o tal mecânico levaria a peça e consertaria o automóvel mediante o pagamento de R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais), valor que gerou desconfiança no timbirense que naquele momento era enrolado pela quadrilha de malfeitores. 

O falso “sobrinho” golpista retornou a ligação por três (03) vezes, solicitando na última vez que a vítima depositasse parte desse dinheiro (R$ 1.000) na conta do tal mecânico Antônio, de Codó, e que ao chegar a Timbiras pagaria o valor emprestado pelo “tio”. No entanto, a vítima procurou saber a veracidade do acontecimento com um outro sobrinho verdadeiro, “irmão” do falso “parente”, e foi informado pelo mesmo que a ligação se tratava de chantagem em busca de ganho financeiro, pois este suposto “sobrinho” que estava à deriva na estrada, na verdade se encontra naquele momento trabalhando em uma cidade da região Centro-Oeste do Brasil, distante a milhares de quilômetros do Maranhão.

A vítima nos informou que pelo prefixo DDD do aparelho celular, 67, o estelionatário ligava do estado do Mato Grosso. Um caso de fraude semelhante já havia sido relato há alguns dias para a nossa equipe reportagem. Finalmente toda a confusão foi esclarecida e desfeita. A experiência frustrante causou perplexidade no morador de Timbiras, vítima da ganância e da falta de caráter de quadrilheiros, que provavelmente estavam em presídios ou entocados em algum local que serve de base de operações para esse tipo de golpe contra as pessoas trabalhadoras. A polícia orienta cautela e cuidado redobrado. Fica o alerta!

www.noticiasdahora.net.br – Timbiras/MA















Reações:

0 comentários:

Postar um comentário