19 janeiro, 2017

RUM, TEM COISA ERRADA AÍ: JUSTIÇA CONSTATA INDÍCIOS DE FRAUDE EM PROCESSO LICITATÓRIO NA PREFEITURA DE COROATÁ

19 janeiro, 2017
O atual prefeito de Coroatá, Luís Filho, já está mostrando as garras para se apoderar ilicitamente dos recursos públicos do município. Mal começou a administrar a cidade, já demonstrou indícios graves de fraudes aos processos licitatórios, sendo barrado imediatamente pela Justiça do Maranhão.

A decisão liminar é do juiz da 2ª Vara que está respondendo pela 1ª Vara, Dr. Francisco Ferreira de Lima, publicada nesta terça-feira (17), que resolveu suspender imediatamente todas as licitações públicas, tanto pregão quanto tomada de preço, por constatar que o prefeito Luís Filho estava impedindo que outros interessados tivessem acesso aos editais.

Os advogados do escritório AMORIM GALDINO & MOURA ajuizaram o mandado de segurança a pedido de vários empresários da região que não estavam tendo acesso aos editais das licitações da Prefeitura de Coroatá, como preconiza a lei de licitações e a lei do pregão. Para os advogados, o impedimento é uma tentativa de fraudar o processo e direcionar as licitações.

Primeiramente, os advogados tentaram ter acesso aos editais de forma administrativa, garantindo assim a igualdade dos participantes, não tiveram sucesso, por isso ajuizaram um mandado de segurança, demonstrando claramente a fraude no processo licitatório, e pedindo a suspensão de todas as licitações.

Ainda na decisão do Juiz, ficou determinado que a Prefeitura de Coroatá disponibilize imediatamente os editais das licitações e que todo o processo seja reiniciado, garantindo assim a igualdade.
Fonte: Coroatá online
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário